Razer lança mouse sem fio que nunca precisa ser recarregado no Brasil

Mouses sem fio são cada vez mais comuns, caindo no gosto do público pela liberdade de movimentação que oferecem. A contrapartida é que eles dependem de pilhas ou baterias internas, de modo que a energia pode acabar bem na hora mais importante. O novo mouse da Razer recém-lançado no Brasil acaba com essa inconveniência dos mouses sem fio.

O modelo em questão é o Mamba Hyperflux, que aproveita as últimas tecnologias de recarga sem fio. Para nunca ficar sem bateria, ele puxa a energia diretamente de um mousepad específico, que é vendido junto do mouse. A base deve ser mantida conectada a uma fonte de energia constante por fios, então o sistema não está totalmente livre de cabos.

O mousepad utiliza um campo magnético para transmitir energia para o mouse em tempo real, dispensando o uso de uma bateria interna no periférico, tornando-o mais leve e, consequentemente mais rápido, o que pode ser uma vantagem para o público-alvo da Razer, que são os jogadores de PC.

Uma preocupação que esse público pode ter é se o mouse não vai desligar automaticamente ao se afastar alguns milímetros ou centímetros do mousepad, o que pode atrapalhar quem joga de forma um pouco mais agressiva. Segundo a Razer, ainda que não tenha bateria, o Mamba possui capacitores internos que permitem armazenar um pouco de energia para que o mouse continue funcionando por até 10 segundos afastado da base.

No entanto, o kit não sairá barato. O produto foi revelado na CES deste ano com o preço sugerido de US$ 250, mas chega ao Brasil custando R$ 1.500, como um kit que inclui o mouse e o teclado.

A Razer havia informado no início do ano que a tecnologia Hyperflux para recarga sem fio não será exclusiva deste modelo específico de mouse. A empresa também pretende lançar outros mouses que também não dependam de pilhas ou bateria interna para continuar funcionando.

Fonte: Olhar Digital

Anúncios

Waze pede para usuários informarem postos que não têm combustível

O aplicativo de trânsito Waze está pedindo para os usuários indiquem quais postos de gasolina não possuem combustível, por conta da paralização dos caminhoneiros e a alta demanda nas cidades.

A plataforma enviou um alerta para 9 milhões de usuários pedindo para que eles compartilhassem informações sobre quais postos ainda tem combustível, quais não tem mais, além dos preços que estão sendo aplicados.

Ao aproximar-se de um posto de gasolina, o aplicativo solicita que o usuário informe dados, incluindo a opção “Atualize disponibilidade local de combustível”.

Reprodução

O Waze já costuma avisar os motoristas sobre os preços dos postos de gasolina e, atualmente, a função pode ajudar os usuários a evitarem o trânsito causado em volta dos estabelecimentos, além de impedir que as pessoas fiquem sem conseguir abastecer o carro.

Fonte: Olhar Digital

Ferramenta do Google que localiza celular perdido agora mostra número do IMEI

As fabricantes de smartphones e desenvolvedoras de sistemas operacionais costumam oferecer para os seus usuários um serviço de localização de celular para caso o aparelho seja roubado ou perdido.

Segundo informações do 9to5Google, o Google atualizou a ferramenta “Localizar meu dispositivo” e adicionou novas informações nas buscas dos usuários. A versão 2.2 da ferramenta agora mostra o número de IMEI do dispositivo remotamente.

Essa informação pode ser útil caso o usuário queira bloquear o aparelho, sem precisar encontrar a embalagem original do smartphone. Para conferir o número de IMEI, basta localizar o aparelho e tocar no botão “i”.

Reprodução

 Fonte: Olhar Digital

YouTube ganha função de mensagens na web e faz mudanças no player do Android

O YouTube está testando uma nova forma para compartilhar vídeos no site para computadores. Nesta quinta-feira, 24, o serviço do Google recebeu o novo botão de mensagens, que permite trocar conteúdo e conversar com seus amigos. Além disso, a botão de compartilhamento na Web e o player do app para Android também receberam novidades.

O primeiro grande recurso a chegar no YouTube é a plataforma de mensagens do site. Idêntica à presente nos aplicativos para Android e iOS, esta função permite que o usuário envie vídeos para os seus contatos no YouTube. Além disso, também é possível procurar por amigos e contatos da conta do Google para poder adicioná-los na plataforma.

Já o botão para compartilhamento de vídeo, localizado abaixo do player, também ganhou novidades. A partir de agora, o site exibe os contatos frequentes no topo da tela para que o usuário possa enviar o conteúdo mais rapidamente. Além disso, os botões de rede sociais também foram reformulados, bem como a opção para incorporar um reprodutor em páginas via código HTML.

Por enquanto, o Google não se pronunciou sobre os testes ou liberação da nova funcionalidade. Entretanto, é possível que esta chegue a todos os usuários nas próximas semanas, já que se trata de um recurso já amplamente disponível nos aplicativos para Android e iPhone.

Aplicativo para Android ganha novo player minimizado

O Google também fez mudanças no aplicativo para YouTube nesta quinta-feira, 24. A partir de agora, o player minimizado da plataforma será exibido junto com os botões para pausar ou interromper sua reprodução. Ou seja, o recurso funcionará da mesma forma como já acontece na versão para iPhone.

ReproduçãoNa versão do YouTube disponível até então, sempre que o usuário arrastasse o dedo para baixo no player de vídeo, uma janela flutuante aparecia na parte inferior direita da tela. Para pausar a reprodução, era necessário o conteúdo novamente para ter acesso aos botões. Agora, tudo será minimizado em uma nova barra que, apesar da visualização menor, oferecerá opções de controle.

De acordo com a publicação do 9to5Google, a mudança está sendo liberada para todos os usuários do aplicativo ontem quinta-feira, 24. Caso não esteja disponível no seu aparelho, verifique se há atualizações do YouTube na Play Store ou aguarde até que este seja desbloqueado.

Fonte: Olhar Digital

%d blogueiros gostam disto: