Amazon patenteia tecnologia para armazenar produtos em líquidos

 

AMAZONJogar livros na água normalmente não é uma boa ideia, mas uma patente que a Amazon recebeu recentemente indica que a empresa pretende fazer justamente isso. A empresa patenteou a tecnologia para criar uma “instalação de armazenamento aquático”, na qual todos os produtos seriam armazenados em líquidos.

Mas os produtos não seriam simplesmente jogados na água e deixados lá. A patente descreve “cartuchos” nos quais os itens seriam depositados; esses cartuchos seriam capazes de “variar a densidade” do item, o que os tornaria capaz de subir ou descer em profundidade. Ou, caso eles quisessem manter-se em uma profundidade específica, poderiam descer até lá e, então, igualar sua densidade com a do líquido.

Para isso, porém, seria necessário que eles se comunicassem de alguma forma com controladores em outros ambientes. A patente pensa nisso também. “O cartucho poderá ser configurado para receber sinais acústicos ou outras formas de instruções (…), e poderá enviar sinais acústicos ou outras mensagens identificando a profundidade ou a posição do item.” A comunicação por meio de sinais acústicos faz sentido, já que o som se propaga de maneira mais rápida em líquidos.

Necessidade

Como o BGR aponta, essa patente não seria uma mera “invenção maluca” da Amazon, mas uma tecnologia que poderia agilizar bastante o seu processo de localização de produtos em depósitos. Atualmente, segundo a empresa, “um empregado ou robô pode precisar andar centenas de metros, ou até quilômetros, para encontrar um item”. E o que é pior: “Quando um cliente envia um pedido com múltiplos itens, o processo de pegar, empacotar e despachar produtos deve ser repetido para cada um deles”.

Por isso, um depósito composto apenas por um poço de água bem fundo no qual todos os itens poderiam ser jogados, dentro de cartuchos, e vir à superfície sob demanda seria bastante interessante para a empresa. Processos que facilitem a busca e entrega de produtos de seus armazéns aos seus clientes são de grande interesse para a empresa, tanto que ela vem investindo em drones de entrega há bastante tempo.

Mas é necessário lembrar também que, por enquanto, a tecnologia existe apenas na forma de patente. Como todas as patentes, ela pode acabar nunca sendo desenvolvida.

Fonte: Olhar Digital
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s