Testando o Windows 10: os problemas e bugs que encontramos

20150710185323_660_420

O Windows 10 está chegando. Como jornalista de tecnologia e encarregado de basicamente todas as notícias sobre o novo sistema operacional que você lê aqui no Olhar Digital, eu me senti compelido a começar a testar o Windows 10 Preview no meu computador pessoal para poder conhecer mais a fundo o que a Microsoft planeja oferecer.

Se você leu o parágrafo acima, espero que você tenha atentado para duas palavras: “computador” e “pessoal”. Apesar de saber como me virar com tecnologia e computadores, eu não queria enfrentar problemas muito sérios no meu notebook. Por isso, esperei até um ponto em que a versão de testes do Windows 10 fosse segura o bastante para o uso diário.

Iniciei há três semanas o processo de atualização, com a build 10130. Backup do Windows 7 feito e arquivos importantes guardados: havia chegado a hora de estufar o peito e encarar um sistema operacional em fase de testes. A seguir está o relato das minhas aventuras desde então:

Parte 1: Atualização. Ou não.

Meu notebook não é novo e já está chegando aos 4 anos de uso (é, vida de jornalista de tecnologia é puro glamour), mas ainda não é ruim: um Intel Core i5 de 2ª geração e 8 GB de memória RAM. Segundo a Microsoft, é mais do que o suficiente para rodar com tranquilidade o Windows 10.

Mesmo assim eu não havia recebido a notificação para atualizar o meu sistema para o Windows 10 como a maioria das pessoas. Até quem está rodando um sistema pirata recebeu. Eu não fazia a menor ideia do motivo e só iria descobrir depois.

Eu já estava registrado no programa Insider depois de alguns testes que fiz para o OD, então achava que seria só baixar o Preview e instalar. Ao tentar fazer isso, recebi a mensagem de que era impossível aplicar a atualização ao meu computador. É óbvio que isso tinha a ver com o fato de eu não ter recebido a notificação para reservar o Windows 10.

Algumas horas e muita pesquisa no Google depois, encontrei a resposta nos fóruns de suporte da Dell e descobri o motivo: minha BIOS estava desatualizada e eu precisava solucionar isso antes de qualquer coisa. Quando na vida eu iria imaginar que deveria atualizar a BIOS do meu notebook?

E isso me fez perceber também que muitas pessoas simplesmente não vão conseguir migrar para o Windows 10 porque os usuários comuns não serão capazes de detectar este tipo de problema.

Parte 2: Deu “pau”

Reprodução 

BIOS atualizada, quem diria? Agora nada me impedia de mergulhar no Windows 10. Atualização baixada, só faltava instalar. Até o sistema da Microsoft considerava que não haveria problemas de compatibilidade entre o Preview e meu computador. Cliquei confiante para avançar no processo.

A partir desse momento, você confia na sua sorte e nos engenheiros da Microsoft para que tudo dê certo. E quase tudo deu. Depois que todo o processo de instalação está completo, você só precisa ligar o computador para pode utilizar o Windows 10. E meu computador não ligava.

Aparentemente, durante a instalação, algum arquivo importante do sistema foi corrompido (eu não lembro mais o nome, mas tinha a extensão .sys), inutilizando meu notebook.

Lá ia eu reinstalar o Windows 7. Ainda bem que eu tinha feito o backup.

Parte 3: SUCESSO!

A reinstalação do Windows 7 deixou meu computador zerado, e eu tinha esquecido que delícia é um PC recém-formatado. Mas isso não importa.

Assim que voltei para o 7, tomei coragem novamente para tentar atualizar de novo para o Windows 10. Dessa vez, sem precisar atualizar a BIOS, não houve obstáculos: foi só baixar e instalar.

Felizmente, dessa vez, nada deu errado e eu pude curtir o sistema operacional novo e os seus recursos. Embora eu esteja gostando do sistema, não demorou muito para eu encarar a realidade de um software não-finalizado.

Parte 4: BUGS!

Reprodução 

Bom, a alegria não durou muito tempo. Sim, quando aceitei instalar um Preview, eu sabia que iria encontrar falhas, mas eu imaginava que, a essa altura do desenvolvimento, os problemas mais sérios já teriam sido solucionados.

Inicialmente, encontrei alguns bugs mais leves. Um deles me impedia de abrir qualquer aplicativo da interface “Moderna” (antigamente conhecida como “Metro”) do Windows. Ao tentar, o app simplesmente me levava para a loja do Windows; como a loja também é um app moderno, ela fechava sozinha.

Outro problema houve quando eu não conseguia mais abrir o menu Iniciar por algum motivo. Felizmente, a maioria dos pequenos problemas que eu foram solucionados aos poucos com as atualizações no ciclo rápido do Windows 10 Preview.

Aí, sim, fui surpreendido novamente por uma falha gravíssima.

Parte 5: Meu PC inutilizado
Reprodução 

Com a proximidade da versão “final” do Windows 10, quem usa o Preview está sendo forçado a usá-lo conectado a uma conta da Microsoft para continuar recebendo atualizações. Até então, eu fazia tudo com uma conta local, que não exigia ligação com outros serviços da empresa.

Foi aí que o problema mais grave até então apareceu. Ao ligar meu notebook e fazer o login no Windows linkado com minha conta da Microsoft, uma caixa aparece na tela me avisando de um “Erro Crítico” no “Menu Iniciar e na Cortana”. A mensagem também fala que o sistema tentará corrigir o problema depois de reiniciar o computador. Há um botão, que, quando pressionado, reiniciava meu PC.

O problema é que não havia correção depois de reiniciar a máquina. Todas as vezes que eu efetuava o login, a mesma mensagem me saudava.

Caso não tenha ficado claro, a falha transformava meu computador em um tijolo. Eu não conseguia abrir nenhum programa, o menu Iniciar estava inacessível e mexer nas configurações da máquina era praticamente impossível. Praticamente.

Parte 6: Solução, ainda que tardia
Reprodução 

Saquei meu iPad para tentar primeiro entender o que estava acontecendo, e depois tentar solucionar. Mais Google, e lá estava eu vasculhando os fóruns de suporte da Microsoft. Felizmente algumas outras pessoas tiveram o mesmo problema, o que me permitiu compreendê-lo.

Acontece que, por algum motivo, muitas pessoas enfrentam este problema ao conectar suas contas da Microsoft. Então eu só precisava criar outro usuário local no Windows. Mas como? Eu não conseguia nem acessar as configurações do sistema. E lembrando: eu sou um jornalista, não um técnico em informática.

Ainda havia uma brecha. Uma das poucas coisas que eu conseguia fazer era pressionar CTRL+SHIFT+ESC para abrir o gerenciador de tarefas. Isso me permitiu abrir o prompt de comando do Windows por meio do Executar. E lá estava eu no Google novamente para descobrir como criar um novo usuário e cadastrá-lo como administrador do computador por linhas de comando. (Lembrando de novo: sou jornalista, não técnico).

Usuário criado. Agora só precisava fazer o login e remover a outra conta, vinculada à Microsoft. Meu computador funcionava de novo.

Parte 7: Nova atualização. E agora?

Reprodução

Na última quinta-feira, 9, a Microsoft liberou a build 10166 do Windows 10 Preview. Como dito acima, só recebem atualizações a partir de agora quem estiver logado com a conta da Microsoft. Mas eu não posso me dar esse luxo: conectar uma conta da Microsoft no meu computador significa repetir as partes 5 e 6 do meu texto.

Felizmente, criei um jeito de driblar essa restrição. Antes de tudo, criei um novo usuário no meu Windows, já prevendo que iria enfrentar problemas. Esta nova conta, criada justamente para ser uma bucha de canhão, foi conectada à conta Microsoft. Como previsto, tive os mesmos problemas das partes 5 e 6, mas dessa vez, já precavido, só precisei remover a conta defeituosa.

No entanto, ainda precisava atualizar a máquina. Foi quando eu percebi que eu poderia conectar-me à conta da Microsoft; o que eu não poderia fazer era reiniciar o computador novamente naquela mesma conta depois disso. Fiz isso e deixei o download da build 10166 rolando e fui dormir.

Nesta sexta-feira, 10, pela manhã, a atualização havia sido baixada, mas ainda não estava instalada. Deixei meu computador em casa com a atualização sendo aplicada e vim para a redação do OD.

O que me espera quando eu voltar para casa? Bom, eu só torço para que a nova atualização corrija o fato de eu não poder fazer login com minha conta da Microsoft. É só isso que eu peço. Que Bill Gates ouça minhas preces. [ATUALIZADO: o bug permanece na build 10166]

E o que tiramos disso?

O Windows 10 não está finalizado, então falhas são esperadas. Contudo, problemas grotescos como o da conta da Microsoft que eu enfrentei não deveriam mais acontecer a esta altura do campeonato.

No momento em que esta matéria foi escrita, faltam 19 dias para a chegada da versão final do sistema operacional. A Microsoft será capaz de solucionar todos os problemas, até lá? Muito provavelmente não. Ainda há muitos outros relatos de falhas sérias com as quais, por sorte, eu não me deparei. E, felizmente, também não enfrentei nenhuma dificuldade com drivers, uma das maiores preocupações em migrações do tipo.

Como dito no texto, apesar dos problemas que eu enfrentei, eu gosto do Windows 10, e acho que tem muito potencial, mas ele precisa de mais polimento antes de ser aberto ao público. É muito provável que no lançamento, no dia 29 de julho, ainda haja alguns problemas graves para a Microsoft solucionar. Vamos torcer para que sejam poucos.

Fonte: Olhar Digital.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s